Diforc'hioù etre adstummoù "Gwerc'hded"

3 414 okted ouzhpennet ,  14 vloaz zo
Diverradenn ebet eus ar c'hemm
(bihanaet an daolnn evit ma ne vefe kt ken punner ar bajenn da bellgargañ)
{{LabourAChom}}
 
[[Skeudenn:Gustav Klimt 024.jpg|thumb|right|400px|''LesAr Viergesgwerc'hezed'', tableaulivadur degant [[Gustav Klimt]], [[1913]] .]]
 
Ar '''werc'hded''' (pe '''gwerc'hted''') eo an anv a roer da stad an dud n'o deus ket anavezet c'hoazh an embarañ. Met peogwir n'eo ket termenet strizh adalek pegoulz e paouezez da vezañ gwerc'h e vez lavaret gant lod e paouezer da vout gwerc'h adalek ar c'hentañ ober reizhel.
 
Ouzhpenn ster fizikel ar ger ez eus ivez ur ster relijiel, stag ouzh ar [[glanded]], enebet ouzh al [[loustoni]], loustoni ar [[pec'hed]] er relijion gristen.
 
Un dalvoudegezh en arc'hant he deus gwerc'hded ar merc'hed e kevredigezhioù zo, evel e broioù muzulmat zo: stag eo ar werc'hted, an [[eured]], hag an [[argouroù]].
 
Dre astenn -ster e c'haller implij ar ger evit ober anv eus tud pe traoù ha n'int ket bet louzet.
 
==Gwerc'hted ar c'horf==
===Gant ar baotred===
N'haller ket anataat en un doare fizikel gwerc'hded ar baotred. Peurvuiañ e lavarer eus ur paotr eo gwerc'h keit ha ma n'en deus ket arnodet un darempred reizhel. Dre ma n'eo ket anataet eo n'eo ket prizet kement ha gwerc'hted ar merc'hed.
 
===Gant ar merc'hed===
 
Gwerc'hted ar merc'hed zo anataet gant al [[lienenn-gourz]], pe himen, un tamm kroc'hen a stank ar [[gouhin]] , hag a vez drailhet da vare an embarañ kentañ.
 
 
 
==Ar werc'hted er gevredigezh hag er relijion==
 
Meizad ar werc'hted a vez prizet kenañ e metoùioù zo, kevredigezhel pe relijiel. Hervez o gizioù eo ret chom gwerc'h betek deiz an eured.
 
Er gevredigezh ma'z eo disteraet talvoudegezh ar [[priedelezh|briedelezh]] ne daoler ket pled nemeur ken eus ar werc'hted.
 
<!--
 
O hímen é uma membrana situada na vulva que bloqueia parcialmente a entrada da vagina. Esta membrana é muitas vezes rompida durante a primeira penetração do pénis na vagina. No entanto a utilidade de usar a integridade do hímen como indicação de virgindade é relativa. O hímen pode ser destruído por actividades ou acidentes físicos diversos (utilização do tampão, equitação, por exemplo), e um hímem preservado não exclui atividades sexuais alternativas, ou mesmo penetração vaginal.
 
Historicamente o estatuto de virgindade foi considerado como conferindo capacidades mágicas ou sagradas. Assim por exemplo no antigo oráculo de Delfos o contato com os deuses era establecido pela Pítia, uma mulher virgem. Durante a idade média, acreditava-se que o mítico unicórnio só podia ser domado por virgens.
 
Uma grande variedade de culturas tradicionais e as principais religiões monoteístas (cristianismo, islão, judaismo) prescrevem a virgindade até o casamento.
 
A virgindade é um conceito importante na tradição cristã, especialmente no que diz respeito à Virgem Maria que ocupa um lugar central no dogma cristão católico e ortodoxo. Votos de castidade e celibato são necessários para entrar na vida monástica ou no sacerdócio.
 
A liberalização dos comportamentos sexuais permitida entre outros pela contracepção hormonal e a emancipação social das mulheres alterou profundamente a visão da virgindade nas sociedades contemporâneas. Ao mesmo tempo que a contracepção permitiu separar a sexualidade do ato de procriação, a virgindade perdeu o seu papel de garantia de legítima filiação no casal.
 
Estas mudanças dessacralizaram o papel social da virgindade, que adotou em certos casos um valor negativo e angustiante, como pretenso indicador de incapacidade social ou amorosa.
 
No entanto a expansão de movimentos religiosos mais conservadores e a consciência dos riscos ligados às doenças sexualmente transmissíveis como a AIDS (Brasil) ou SIDA (Portugal) têm levado a uma renascença da virgindade como um ideal positivo e desejável.
 
-->
 
Dre astenn -ster e c'haller implij ar ger evit ober anv eus tud pe traoù ha n'int ket bet louzet.
 
==Levrioù==
188 549

modifications